O projeto Câmara Sustentável completou dois meses de implementação no Poder Legislativo, trazendo resultados positivos para o meio ambiente. Em junho, durante a Semana do Meio Ambiente da Câmara de Cachoeirinha, foram instaladas lixeiras de coleta seletiva em todas as salas do prédio. As lixeiras já existentes receberam adesivos de identificação, reduzindo custos e facilitando a seleção do resíduo seco e do lixo comum.
Através de uma parceria com a Associação dos Classificadores dos Resíduos Recicláveis - ACRER foram destinados nestes dois meses aproximadamente 320 kg de resíduos secos. A Associação faz a qualificação e destinação para reciclagem deste material, colaborando com um meio ambiente ainda mais sustentável.
Marco Barbosa, presidente da Câmara, destaca o empenho dos funcionários da Casa em fazer a separação do material. "Essa quantidade relevante resíduos que deixaram de ser descartados no lixo comum tem um grande significado. Ações simples podem fazer a diferença no mundo", ressaltou o presidente.

Busca