Ferramenta de Pesquisa

A polêmica do mau gosto na água potável fornecida pela Companhia Riograndense de Abastecimento (Corsan) em Cachoeirinha foi o tema principal tratado na reunião da Comissão de Saúde, Assistência Social e Meio Ambiente. O encontro ocorreu na tarde desta quinta-feira (22), na Câmara de Vereadores, na sala de Comissões Leonel de Moura Brizola. Representando a Corsan estavam a gerente da Unidade de Cachoeirinha, Eliane Pacheco de Souza e o responsável técnico pela Estação de Tratamento na cidade, Wagner Madruga.

O encontro foi comandado pelo Vereador Felisberto Xavier (PV), presidente da Comissão e pelo Vereador Alcides Gattini (MDB), membro da Comissão. A Corsan respondeu questionamentos recebidos pela casa por parte da comunidade e deu explicações técnicas sobre o mau gosto na água. A estatal informou que está tomando medidas para diminuir o mau gosto desde as primeiras reclamações recebidas, em 9 de fevereiro. Os principais motivos do mau gosto, apontados pela Corsan, foi a falta de chuva na região e a proliferação de algas nos mananciais que abastecem os reservatórios. Na próxima terça-feira, dia 27, a Corsan confirmou presença e dará explicações no espaço da Tribuna Popular.